Spitz (Canil Maison Damasco)Canil Maison Damasco, excelência em pomerânias!

Somos especializados na raça Spitz Alemão Anão (Lulu da Pomerânia), contamos com um plantel altamente selecionado, padreadores e matrizes de linhagens importadas, vivendo em um ambiente amplo e organizado, visando a saúde e o bem estar de nossos cães, que para nós, são pequenas jóias, são nossos grandes amores!

Pioneiros na criação nacional de pomerânias particolors, cães de rara beleza, com exemplares importados dos Estados Unidos, México e Argentina, pretendemos levar até você o que há de melhor nesse “pequeno grande” cão de companhia.

Estamos localizados em Londrina(PR). Despachamos para todo o Brasil e exterior.

Nilza Franco Damasceno e

Rebeka Franco Damasceno

(Criadoras/Proprietárias)

A Revista “Pequenos Cães Grandes Amigos!”, da Editora Top.Co. na edição Nº 38, do Bimentre Outubro/Novembro/2011, traz em sua reportagem de capa um especial sobre os nossos adoráveis SPITZ ALEMÃO ANÃO.

Recheada de fotos de nossos cães, ela pergunta:
“Leais, devotos aos donos e extremamente peludinhos. Está bom ou quer mais?”

O Spitz Alemão tem uma descendência bastante longínqua e rústica. Seus ancestrais mais antigos são os cães da Idade da Pedra, os Canis familiaris palustris rüthimeyer, domesticados pelo homem. entre os seus ancestrais mais próximos estão os cães nórdicos que se estabeleceram em uma região chamada de pomerânia, localizada entre a Polônia e a Alemanha. Daí o nome Lulu da Pomerânia ou POmerânia, muito popular para designar cães desta reça na variedade anã, já que são encontrados em cinco tamanhos: lobo (49 cm), grande (46 cm), médio (34 cm), pequeno (26 cm) e anão (20 cm).

Estes cães foram introduzidos na Inglaterra pela Rainha Charlotte, mas foi sua neta, a Rainha Vitória, que foi responsável pela promoção de sua criação e popularidade no começo do século XIX. A raça doi reconhecida pelo Kennel Clube da Inglaterra em 1870 com o nome de pomerânia.

E não é só entre a realeza que este cão arrebanhou fãs. Grandes compositores e artistas também tiveram esta raça como pet. Um deles é Michelangelo, cujo cão o acompanhava durante o trabalho de pintura da capela Sistina. Mozart também tinha uma fêmea chamada Pimperl e Chopin dedicou sua “Valse des petits Chiens” à sua cadelinha da raça.”

Página 20, edição 38
Texto: Samia Malas
www.pequenoscaes.com.br

É com grande orgulho e alegria que  recebemos a Cães & Cia para uma matéria de 5 páginas conosco e com nossos cães, para a edição nº 386 (Julho/2011).

Em um entrevista detalhada, falamos de nosso amor pela raça e esperamos contagiar o Brasil com a beleza e alegria dos Spitz!!!

“SPITZ ALEMÃO ANÃO: Ganhando força no Brasil!

 

Com 18 a 22 centímetros de altura, ele é o menor das cinco variedades de tamanho que formam a raça Spitz Alemão. Daí o termo anão, complementando seu nome. É também chamado de Pomerânia ou Lulu da Pomerânia e se populariza a passos largos no nosso país.

O sucesso desse cão, as muitas cores em que existe, a qualidade dos exemplares nacionais e as mudanças pelas quais passaram ao longo do tempo são alguns dos temas que você confere nesta entrevista com a criadora Nilza Damasceno.”

 

Ficou com vontade de ler mais?!

Corra para as bancas e adquira sua revista!

Depois nos conte o que achou da entrevista, ok?

Abraços,

Nilza Damasceno e Rebeka Damasceno

Criadoras do Canil Maison Damasco

Excelência em Pomerânias!!!

Nilza Damasceno e Rebeka Damasceno

Golden Furrballs Throws The Best Party (Bis)

Golden Furrballs Throws The Best Party (Bis)

Golden Furrballs Throws The Best Party (Bis)

BIS!

Nosso mais novo padreador!!!

Facebook